Julio Bressane sobre José Lewgoy

O cineasta Julio Bressane homenageia o ator José Lewgoy com a leitura do texto de sua autoria: “José Lewgoy: da Persona à Personalidade”, publicado no livro Alguns (Imago Ed., 1996.)

A leitura foi realizada em seu apartamento no Rio de Janeiro, especialmente para Mostra José Lewgoy, em cartaz no CCBB São Paulo até 07/05/2018.

Na ocasião, serão exibidos dois filmes do cineasta: “O gigante da América” (1980) e “Tabu” (1982).


O GIGANTE DA AMÉRICA

1980, Cor, Brasil, 88’, 35mm
Direção:
Julio Bressane
Sinopse:
Narrativa irônica remonta a trajetória da alma de um caboclo pelo inferno, purgatório e paraíso. Nesse périplo ancestral pela América, cuja rota supõe ter sido indicada pelo poeta Dante, a alma encontra alguns fantasmas de figuras notáveis do Novo Continente, fazendo e ouvindo discursos memoráveis.
Classificação indicativa: 18 anos

TABU
1982, Cor, Brasil, 85’, 35mm
Direção:
Julio Bressane
Sinopse:
 Um encontro poético e imaginário entre o escritor modernista Oswald de Andrade e o compositor Lamartine Babo. Poesias, músicas, carnaval e passeios pelo Rio de Janeiro, intercalados pelas cenas do filme histórico Tabu (1930) e de antigos filmes pornográficos. Uma junção de três elementos: imagem, fala e música, que compõe a fictícia conversa entre os dois icônicos artistas.
Classificação indicativa: 18 anos

Confira a programação completa
Veja o catálogo

Últimos posts

Pintora Eleonore Koch é retratada em filme inédito de Jorge Bodanzky

Novo filme de Jorge Bondanzky estreia no Festival É Tudo Verdade

As cores e amores de Lore estreia no Festival É Tudo Verdade

Novo filme de Jorge Bondanzky estreia no Festival É Tudo Verdade

Abertura da exposição “Pequenas Utopias” em São Paulo

Abertura da exposição "Pequenas Utopias" na Caixa Cultural São Paulo. Entrada gratuira.