Abertura da exposição Poesia Experimental Portuguesa em Brasília

Poex_CaixaCulturalBrasilia10.jpgPoesia Experimental Portuguesa na Caixa Cultural Brasília. Visitação até 16 de dezembro de 2018.

A exposição Poesia Experimental Portuguesateve sua abertura no dia 16 de outubro 2018 na Caixa Cultural Brasília. A mostra apresenta obras de 18 poetas portugueses, entre originais e reproduções em variados formatos e suportes, desde os anos 1960 até os dias atuais.

Na ocasião foi realizado um bate-papo com o poeta português Ernesto M. de Melo e Castro em que se falou sobre a história e importância da Poesia Experimental em Portugal, e de seus diálogos com a poesia de invenção brasileira.

Poex_CaixaCulturalBrasilia02.jpg
Poex_CaixaCulturalBrasilia03.jpgBate-papo com o poeta português Ernesto M. de Melo e Castro

O poeta português Fernando Aguiar apresentou performance que incluiu leituras e participação do público e que resultou na intervenção poética Soneto da fragilidade, incorporada à exposição.

Poex_CaixaCulturalBrasilia05.jpg
Poex_CaixaCulturalBrasilia06.jpgFernando Aguiar
em performance

O poeta Silvestre Pestana apresentou o seu poemaCOR DOR, gif animado proposto especialmente para a exposição em referência ao momento político que enfrenta o Brasil.

Poex_CaixaCulturalBrasilia07.jpgSilvestre Pestana em performance

A exposição traz cerca de 80 trabalhos entre impressões, pinturas, caligrafias, fotografias, objetos, áudios e vídeos. Visitação gratuita segue aberta ao público até o 16 de dezembro, na Caixa Cultural Brasília.

Classificação Livre.
Apoio: Instituto Camões / Embaixada de Portugal em Brasília
Realização: Espaço Liquido

Saiba mais sobre a exposição

Embaixada de Portugal no Brasil recebe realizadores da Po.ex

Poex_CaixaCulturalBrasilia17.jpgPúblico na abertura da exposição na Caixa Cultural Brasília

Poex_CaixaCulturalBrasilia11.jpg“Geografia humana”, de Ernesto M. de Melo e Catro, 1962

Poex_CaixaCulturalBrasilia22.jpgObras de Abílio-José Santos, década de 1980

Poex_CaixaCulturalBrasilia18.jpgPoemas coloridos de António Aragão, 1970-71

Poex_CaixaCulturalBrasilia19.jpg“Ensaio para uma nova expressão da escrita”, de Fernando Aguiar, 1980

Últimos posts

Pintora Eleonore Koch é retratada em filme inédito de Jorge Bodanzky

Novo filme de Jorge Bondanzky estreia no Festival É Tudo Verdade

As cores e amores de Lore estreia no Festival É Tudo Verdade

Novo filme de Jorge Bondanzky estreia no Festival É Tudo Verdade

Abertura da exposição “Pequenas Utopias” em São Paulo

Abertura da exposição "Pequenas Utopias" na Caixa Cultural São Paulo. Entrada gratuira.